MOTIVACIONAL – A Mente Sobre o Corpo – Arnold Schwarzenegger

Nesse texto, Arnold explica como treinar a mente é essencial para obter os ganhos através da musculação.

A Mente Sobre o Corpo – Arnold Schwarzenegger

O corpo nunca responderá completamente aos seus treinamentos até que você entenda como treinar a mente também. A mente é um dínamo, uma fonte de energia vital. Essa energia pode ser negativa e trabalhar contra você, ou pode ser utilizada para dar-lhe treinamentos inacreditáveis e desenvolver um físico que se mantenha até suas mais entusiásticas expectativas. Sempre que ouvir falar sobre alguém que realize façanhas físicas inacreditáveis – Tiger Woods no golfe, Michael Jordan no basquete, Maichel Johnson no Atletismo, Hermann Maeir no esqui e tantos outros atletas – é por causa do poder das suas mentes, não apenas devido à habilidade técnica ou mecânica. E você pode ter certeza de que nunca terá um desempenho naquele nível se não puder combinar sua determinação interna com suas habilidades físicas.

As pessoas podem caminhar sobre a brasa quando estão suficientemente motivadas; podem resistir aos rigores do treinamento dos oficiais da Marinha. Eles conseguem cruzar vastos desertos, atravessar ermos árticos conduzidos por cães, escalar o Monte Everest, nadar no Canal da Mancha, dar a volta ao mundo de bicicleta, levantar quantidades inacreditáveis de peso. Eles realizam as tarefas apesar da dor terrível, apesar de estarem doentes, não importando as probabilidades ou os obstáculos.

Arnold Schwarzenegger

“A mente não tem limite. Quando a mente pode antever o fato de que você pode realizar algo, você realmente pode, desde que acredite nisso cem por cento.”

Há várias maneiras específicas em que o poder da mente pode ser utilizado para ajudá-lo a alcançar suas metas:

Visão 

O primeiro passo é ter uma visão clara de para onde quer ir e o que quer alcançar. “Aonde a mente vai, o corpo vai” é um ditado em que sempre acreditei. Se você deseja ser Mister América ou Mister Universo, precisa ter uma visão clara de si mesmo alcançando esses objetivos. Quando sua visão é poderosa o bastante, todo o resto se ajeita: o mundo como vive sua vida, seus treinamentos, os amigos que escolhe como companhia, como você se alimenta, o que você faz para divertir-se. Visão é objetivo e, quando seu objetivo é claro, também o são suas escolhas de vida. A visão desenvolve a fé, e a fé desenvolve a força de vontade. com fé, não há ansiedade nem dúvida – apenas absoluta confiança.

Visualização

Não basta apenas querer “ficar grande”. Fisiculturismo é mais do que isso. Ele trata de massa, forma, simetria e definição. É um tipo de escultura; é quase como um meio de expressão artística. Você tem que visualizar na mente o tipo de físico que necessita desenvolver a fim de alcançar seus objetivos. Quando você se olha no espelho, tem que se ver como realmente é – e também como quer ser. Você tem que ver com os olhos da mente as massas de músculo que estará desenvolvendo, o físico potente que terá no futuro. Concentrar-se nessas imagens dá à sua mente e ao seu corpo uma tarefa clara, uma meta bem-definida pela qual lutar.

Modelo exemplar 

No meu tempo de fisiculturista costumava estudar fotografias de Reg Park por ele ter o tipo de físico hercúleo que eu desejava imitar algum dia. Lembro-me de que, quando viajava nos anos 70 com Franco Columbu, muitos fisiculturistas de estatura menor vinham até ele e o agradeciam por tê-los inspirado a treinar para competição. Um tipo estético de tamanho médio poderia escolher Frank Zane ou Shawn Ray; competidores com músculos realmente grandes e compactos podem voltar-se para Dorian Yates ou Nasser El Sonbaty para inspiração. Quando encontrar alguém que represente seu físico ideal, estude o máximo possível de fotografias dele, recorte suas fotos de revistas e afixe-as na parede, no refrigerador – o que for necessário para ajudar a manter sua mente concentrada na tarefa que tem pela frente.

Motivação 

Motivação é a força que impulsiona e permite que desenvolva uma determinação de objetivo que de fato lhe dê a disposição de passar duas a quatro horas por dia na academia e lhe submeta aos treinamentos mais castigados possíves. Isso faz a diferença entre apenas realizar cinco séries disso e quatro séries daquilo e realmente levar o seu corpo ao limite. A motivação desenvolve a disciplina. A disciplina provém do prazer de aguardar ansiosamente para alcançar o objetivo que você aprendeu a visualizar de foma tão clara na mente e trabalhar duro e consistentemente, repetição por repetição, séries por série, sessão por sessão.

Arnold Schwarzenegger Motivação

“Se pode atravessar a barreira da dor, poderá ser um campeão. Se não pode, esqueça! É isso que falta a grande maioria, GARRA!”

Estratégia de treinamento 

Alem do ato de visualizar o produto final do seu treinamento, você deve decidir exatamente que tipo de desenvolvimento necessita em cada um dos principais grupos musculares e quais exercícios específicos e técnicas de exercícios atingirão esse desenvolvimento. Você decidiu aonde quer chegar, agora precisa mapear como chegar lá. Esse é o ponto em que você aprende a realmente individualizar suas sessões de treinamento, descobre como seu corpo responde a movimentos específicos e técnicas de intensidade e decide exatamente que estratégia irá empregar para desenvolver o tipo de corpo que deseja ter.

A mente no músculo 

A chave para o sucesso nas suas sessões de treinamento é trasnpor a mente para dentro do músculo, em vez de pensar no peso em si. Quando você pensa no peso em vez de no músculo, não consegue sentir o que o músculo está fazendo. Você perde o controle. Em vez de alongar e contrair o músculo com concentração profunda, você está simplesmente exercendo força bruta; então acaba não trabalhando nos limites da sua amplitude de movimento, não contraindo e estendendo o músculo de uma maneira suave, intensa e controlada. Por exemplo, quando estou realizando roscas com a barra, visualizo os bíceps como montanhas – não apenas grandes, mas enormes. E por estar pensando no músculo, posso sentir tudo que está acontecendo com ele: sei se o alonguei completamente ou não na fase inferior do movimento e se estou conseguindo uma concentração total, completa na fase superior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: